Em cima da ponte

o menino joga pedras

–O rio segue seu curso